Untitled
Seja +

Mensagens de Amor

Namorar ou ter liberdade?

Namorar ou ter liberdade?
Você já deve ter conhecido alguém que, para justificar sua insistência em ficar solteiro, alegou que preferia manter sua liberdade de ir e vir sem ter de dar satisfação a ninguém. Ou, talvez, você mesmo esteja passando por isso.

É verdade! Estar com alguém é ter de cumprir algumas regrinhas de boa convivência e ter de, em determinadas situações, dar satisfações. Porém, será mesmo que isso é sinônimo de perder a liberdade?

Claro que a definição de liberdade é muito pessoal. O que me faz sentir livre pode ser bem diferente do que faz você se sentir assim. Mas daí a acreditar que viver um relacionamento amoroso é o mesmo que se estar preso, já me parece mais consequência de um trauma, uma experiência desastrosa do que, de fato, uma boa noção do que seja namorar de forma saudável e razoavelmente madura.

Portanto, se você tem se visto às voltas com essa questão, e se perguntado se vale a pena namorar e abandonar a solteirice, penso que a melhor forma de encontrar a sua resposta seja olhando para a dúvida por outro ângulo, mais abrangente e, ao mesmo tempo, pessoal.

O fato é que toda vez que você faz uma escolha, é como se comprasse um kit contendo perdas e ganhos, prós e contras. Então, não se trata de generalizar e passar a acreditar que todo namoro é uma prisão ou que estar solteiro é 100% bom o tempo todo. A reflexão é: o que é mais importante para sua vida neste momento? Sim, porque existem fases em que talvez seja mesmo melhor estar só. Enquanto que em outras, uma companhia cai perfeitamente bem.

Enfim, pense nisso:

- Está em fase de estudar para o vestibular?

- Acabou de sair de um relacionamento longo e difícil?

- Tem curtido demais a turma, as baladas e programas com amigos solteiros?

- Está investindo seu tempo, seu dinheiro e sua energia em cursos para melhorar sua formação profissional?

Então, talvez seja mesmo melhor ficar sozinho. Aproveite o momento para cuidar de si, divertir-se e descobrir que a vida pode ser muito boa em sua própria companhia e na companhia dos amigos.

Por outro lado, seja sincero consigo mesmo:

- Tem usado a liberdade como desculpa para não olhar para seu medo de gostar de alguém e sofrer?

- Tem insistido em acreditar que não dá para confiar em ninguém, porque as pessoas mentem e sacaneiam quando namoram?

- Tem se iludido com a ideia de que é melhor ficar com muitos ao mesmo tempo, mentir para um, enganar o outro e levar a vida sem compromisso com ninguém?

- Tem usado as redes sociais para conhecer o maior número de pessoas sem dar chance para nenhuma delas?

Então, meu caro, talvez você esteja precisando amadurecer e descobrir que namorar pode ser uma oportunidade imperdível de autoconhecimento, felicidade, intimidade, diversão e alegria. Ou seja, algo muito, muito diferente de se sentir como numa prisão.

Cuidado para não adotar crenças limitadoras e cair em armadilhas tecidas por si mesmo que terminam impedindo que você viva a vida plenamente. Em última instância, o mais inteligente é deixar a vida rolar, manter-se em sintonia com seu coração e seguir a voz de sua sabedoria interior. Assim, se estiver solteiro ou namorando, a sensação será uma só: a de que você está no lugar certo, na hora certa e com a pessoa certa!

escrito por

Dra. Rosana Braga Consultora

Consultora de Relacionamento e Comunicação, Palestrante, Jornalista e Autora do livro Faça o Amor Valer a Pena, entre outros.